segunda-feira, 9 de abril de 2012

Max von Sydow, vê e aprende

E em breve, as action figures do filme.


http://www.ionline.pt/mundo/exorcismos-aprovados-pelo-vaticano-dao-origem-documentario-video

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Restelo já tem igreja-caravela, apesar de toda a contestação

Eu vou fazer copy-paste da notícia porque não são precisas outras palavras para
descrever(perdoem-me ser um longo post):


"O bojo que era para ser dourado ficou, afinal, cor-de-ferrugem e a exótica torre de 108 metros de altura não saiu, por enquanto, do papel. Com inauguração marcada para o próximo sábado, a igreja-caravela que o arquitecto Troufa Real desenhou para o alto do Restelo, em Lisboa, é, ainda assim, um dos templos católicos que mais polémica desencadearam nas últimas décadas - a ponto de suscitar a crítica do próprio cardeal-patriarca.




Todo o projecto se baseia numa alegoria à vida de S. Francisco Xavier e aos Descobrimentos portugueses. Daí que a nave do templo, com capacidade para cinco centenas de fiéis, simule o casco de uma embarcação. Enferrujada por fora, graças a uma técnica que consiste em fundir cobre no ferro, esta parte do edifício acompanha, no interior, as formas exteriores: as paredes da igreja são curvas, com janelas em forma de óculo. No exterior, uma grande cruz de ferro deverá ficar tombada no chão. Coladas ao bojo da igreja-caravela, várias cornucópias simularão as ondas do mar.

A casa paroquial foi pintada em cor-de-laranja berrante. Rematado no topo por pequenas pirâmides no lugar do telhado, é uma alusão "à casa mourisca que o arquitecto Raul Lino [meados do séc. XX] soube respeitar", e ainda ao casario da Lisboa do séc. XVI que o missionário deixou atrás de si quando partiu de Lisboa, rumo ao Oriente. O vermelho, o verde e o branco foram também cores escolhidas para as paredes exteriores do complexo religioso. "São as cores das bandeiras indiana e portuguesa", esclarece o pároco de S. Francisco Xavier, António Colimão, nascido em Damão. É ele o grande entusiasta da obra, que só não se apresenta ainda tão profusamente colorida como nos desenhos por falta de dinheiro para tintas. Esta primeira fase da obra custou três milhões de euros. Acontece que as contribuições dos fiéis não chegam sequer a metade. O resto foi pago à custa de um empréstimo bancário contraído pela paróquia. "Estamos à espera de ofertas. Claro que o dinheiro não cai do céu", refere o padre.
A projectada torre da igreja sofre, aliás, do mesmo problema de escassez de dinheiro para subir em direcção ao firmamento. Troufa Real chegou a idealizá-la em forma de minarete, uma opção muito contestada. Mudou, no entanto, de ideias, e agora pretende levantar no Restelo uma estrutura metálica de aspecto mais leve. Para concretizar os seus intentos recorreu a um nome de peso: o pai do satélite português, Carvalho Rodrigues, está apostado em "casar a arte e a tecnologia para produzir energia" eólica e solar na torre. "Parte da torre mover-se-á, como a hélice do ADN", descreve o investigador.

Trocado o dourado pela ferrugem, o epíteto "bolo de noiva" com que a igreja-caravela foi alcunhada quando nasceu perde sentido. As alterações ao desenho inicial não são, ainda assim, suficientes para amainar o enjoo que a construção provoca no seio da própria instituição eclesiástica. Há muito à frente do Secretariado das Novas Igrejas, o departamento do patriarcado que se encarrega dos templos que vão sendo construídos, o arquitecto Diogo Pimentel não consegue explicar cabalmente o processo que culmina no próximo sábado, dia de S. Francisco Xavier, com a inauguração do contestado templo. "Discordo por completo que a igreja promova este tipo de espectáculo no meio da cidade", observa. "A mensagem que um edifício destes deve transmitir às pessoas deve ser "aqui estou eu ao vosso serviço", e não "aqui estou eu em todo o meu esplendor"".

Quando encarrega um arquitecto de conceber uma igreja, este departamento entrega-lhe um documento, a que chama "elucidário", para lhe guiar os passos. Nele se diz que "se devem evitar expressões de triunfalismo ou ostentação". O arquitecto deverá antes "procurar uma expressão de simplicidade e um certo despojamento, que mais se afirme pela qualidade arquitectónica do que pelos recursos decorativos".

Foi pouco depois de este documento ter sido elaborado, no início dos anos 90, que Troufa Real acedeu a desenhar a igreja para a paróquia sem cobrar honorários. "Processos como este são uma enorme ratoeira", nota o padre João Norton, da equipa de arquitectura do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura. "O pobre aceita a semente que lhe dão e cresce-lhe uma árvore de que não estava à espera". Neste caso, demasiado espalhafatosa para a função a que se destina: "Uma das qualidades de uma igreja deve ser o silêncio – mesmo visual – e a serenidade", advoga João Norton, para quem o simbolismo empregue no Restelo é "pobrezinho, superficial, de centro comercial". A contradição flagrante entre as orientações do elucidário e a obra do Restelo, explica-a o padre com uma simples frase: "Não é um documento vinculativo", tal como não o é o parecer do Secretariado das Novas Igrejas.Maçon e ao mesmo tempo católico – "como muitos bispos e até papas", salienta -, Troufa Real gosta de se comparar a Gaudi quando fala da incompreensão de que tem sido alvo nesta obra. Embora já tenha admitido gostar de ideias "que se aproximam do limiar entre o kitsch e o piroso", neste momento prefere descrever esta obra como um trabalho surrealista, "que parece feito por vários arquitectos diferentes".

"Considero-me um arquitecto de templos. Fiz esta igreja a pensar em Deus", declara. E pôs-lhe símbolos maçónicos? Onde? "São segredos meus", responde Troufa Real. "Como cardeal adjunto, foi D. José Policarpo [actual patriarca] quem lançou a primeira pedra da igreja", recorda. Certo é que a construção só avançou há dois anos. Como a obra não está pronta, depois da inauguração a empreitada ainda durará mais um ou dois meses.

Para fases posteriores do projecto, sem data marcada para avançar, ficarão quer a torre quer um outro edifício de grande porte. O padre Colimão já anunciou que não irá morar Na casa paroquial: "Gosto das coisas simples e pequenas". Então e a igreja? "Para a glória de Deus, tenho de fazer o melhor". Para declarar a seguir, orgulhoso: "Esta obra vai marcar a cidade de Lisboa. Deve ser a maior igreja construída em Lisboa nos últimos 25 anos". Quando ficar tudo pronto, os custos finais ascenderão "a sete ou nove milhões de euros".

Mais modesta no seu orçamento de 3,1 milhões, a igreja que está em construção em Miraflores, Algés, também granjeou desde cedo alguma antipatia. Aqui, o que serviu de inspiração a Troufa Real foi o cosmos. O povo, esse, chama-lhe "igreja-foguetão", mas também "supositório". "Aquele cilindro tem lá dentro uma cúpula invertida que é um meteorito", explica o arquitecto. Ignora-se, no entanto, quando poderá semelhante nave desafiar o espaço sideral: desentendimentos entre a paróquia e o arquitecto levaram a que a empreitada parasse há ano e meio. "É uma vergonha", queixa-se o projectista, alegando que alterações feitas ao projecto sem o seu consentimento transformaram o foguetão "num paliteiro sem segurança estrutural". Está previsto que o enorme cilindro seja forrado a azulejos de Querubim Lapa.

O pároco local, Daniel Henriques, admite que o objectivo da transformação foi tornar a obra mais leve mas também mais barata - mas nega que isso tenha comprometido a segurança do imóvel. E deixa uma crítica velada: "Pode ser que, depois de inaugurada a igreja do Restelo, o arquitecto tenha mais disponibilidade para acompanhar esta obra". Tal como o anterior, também o projecto de Miraflores foi oferecido. "A cavalo dado não se olha o dente", diz Diogo Pimentel, assegurando que não estão previstas para Lisboa mais igrejas espalhafatosas. "Não tenho dúvida nenhuma de que a igreja do Restelo se vai tornar uma atracção turística", acrescenta. Mesmo que por razões erradas."

by Publico

terça-feira, 8 de novembro de 2011

o escuteirinho da mão malandra

http://www.dn.pt/inicio/artes/interior.aspx?content_id=2106636


O senhor só se esqueceu de referir que o Tintin, tudo indica, é homossexual.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

o bicho vai pegar

O "padrinho" vai ter de falar com este bispo rebelde e metê-lo na ordem, está visto.


http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1979439

domingo, 7 de agosto de 2011

Light...

Foram de certo saladas para que ninguém venha a apresentar uma proeminente barriga nos dias de praia que esperemos se avizinhem neste verão tardio.


Saludos

terça-feira, 2 de agosto de 2011

E por falar em pesos

Os gajos correram, saltaram, experimentaram o circuito de manutenção... e depois, bem, depois comeram... Saladinhas,


segunda-feira, 11 de julho de 2011

Memórias das "olimpíadas" ...


Contem as vossas memórias das olimpíadas que decorreram no fim-de-semana, a julgar pelas provocações terão tanta ou mais polémica que as ultimas na China...

Saludos

sábado, 9 de julho de 2011

Apenas se as anfitreãs pegarem nos halteres, caríssima!


Amanhã estaremos perante:
Well trained soldiers at Malveira!

Um bem haja e até amanhã!

sexta-feira, 8 de julho de 2011

E amanhã...

haverá disto?

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Mas afinal de contas

A factura era para quê? Os 15 euros a menos é para compensar isso!

Agora que penso nisso, finanças à parte, até que ponto tem lógica pagar para "se rezar uma missa por alguém"?

E, caro Rodrigues, os meus extensos conhecimentos sobre esta matéria em particular ficam-se por aqui. Se são para a Igreja, se para os senhores das obras ou para um fundo qualquer que eventualmente exista na nossa simpática Paróquia é algo que me passa ao lado.
Sugestões?

domingo, 19 de junho de 2011

Obrigado Angus

Por escreveres por mim nesta altura em que não tenho podido escrever.

10 EUROS E SEM FACTURA??????????? Se as finanças sabem, vai ser um ver se te havias... E esses fundos são para que exactamente? Caridade? Apoio aos desprotegidos? Obras e afins? Explica lá isso Isotretina, que pareces estar, bem embuido no esquema.

Quando puder volto,
Saludos

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Acho importante referir

Que por estas bandas não há factura para ninguém.
E é 10 euros! (Somos tão simpáticos a pedir!)

Para mais informações... D. Adelaide?


E no CM diz que...

Querem ver que o Dorito anda a fazer uma perninha noutras paróquias para pagar o novo bólide?



Já vi isto em algum lado, parece-me.

Um bem haja.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Eu tenho medo de dizer quem sou

mas sou um dos que está na lateral...

domingo, 12 de junho de 2011

Como ninguém quer ser eu, dou-me ao trabalho de escrever por mim.

Não se esqueçam que é crime fazerem-se passar por outras pessoas e também devia ser crime escrever algumas coisas, mas é isso o que a liberdade tem de tão maravilhoso... Tenham medo...tenham muito medo!

As doenças psiquiátricas agora estão muito na moda e é bom ver que todos nos mantemos a par da actualidade!
Fazem-se lembrar tempos gloriosos onde havia mistérios e se escreviam e liam e-mails de outras e para outras paróquias, cartas quase a roçar a insanidade e pontapés em jogos de futebol!

Saudade de um tempo...

Ele e ela são eu e eu

Peço desculpa aos leitores pelos dois posts que escrevi como Isotretina e Salvo Seja em que se colocam a eles próprios em causa! Isotretina, não escreves melhor nem pior que tu, eu mesmo. Estou confuso e tripolar. Não tomei a medicação.


Saludos

Ahhh! Agora sou o Rodrigues

Reacção ao escândalo - parte I

Quanto a vocês não sei, mas o Angus feriu os meus sentimentos.
Sempre achei que escrevia melhor que ele... E agora eu sou ele!

escândalo!!

Este último post do angus deixou-me de boca à banda, porque eu podia jurar que era o salvoseja.

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Desvendando tudo!


Após tantos anos, chegou a hora de desvendar todo o mistério que assola este Caso.

Eu sou o CNN

Mas também sou o J. Escrivá de Balaguer, o Rodrigues, o Frei Duque, mais recentemente a Isotretina... e todos os utilizadores que podem ver escritos ali à direita.

Resumidamente, eu criei este blog para tratar do meu problema de múltipla personalidade e, assim, ter um sítio onde todas se pudessem confrontar!

Só não sou a Papua, porque ela agora vai se tornar uma pessoa -ainda mais - violenta e ... dentro da Lei... tenho medo de ti, Papua! Todos temos!

Este post foi escrito de forma amuada, chateada e tristinha pela minha identidade Escrivá de Balaguer.


Despeço-me com amizade!

quinta-feira, 9 de junho de 2011

"Vês o passado dorido, ferido,"

Escrivá de Balaguer, quanto á gestão, administração e afins, todos temos as nossas ideias e as nossas opiniões e o único sitio em que se podem e devem trazer é aqui.

Quanto ao facto que te leva a não pretenderes escrever, e que me preocupa mais, o conceito que dizes usurpado, acho que não te beliscaram nada esse conceito, roubaram o nome da personagem mas o conceito mantêm-se na tua cabeça, é o mais importante, para mais é um personagem com uma ou duas mensagem e sem conteúdo, tanto quanto me lembro e quanto muito usurparam-te o nome, que pode acontecer a qualquer um de nós, quando o publicamos e não registamos. O teu conceito foi trazido numa fase de mudança e com alguma perspicácia alguém usou o nome, algo o qual pensei ser possível quando naquele teu magnifico post, falaste do CNN. A mim já me roubaram um conceito. Já usaram o meu conceito anteriormente com o Sacristão Putanesca, copia do meu personagem Padre Jeremias e não levei a mal, aconselho-te a também tu não levares a mal, renomeia o teu personagem, quanto ao conceito, está na tua cabeça e se o transmitiste a alguém, ai sim podes afirmar que to tentaram usurpar e deveras ter os teus suspeitos.

Saludos

"...não dar o corpo pela alma!"



Caro irmão Rodrigues, intranquilo eu não…não posso temer o que não fiz!!!

No que diz respeito a questão das chaves acho que fui mal interpretado em nada me estava a referir a administração deste espaço ou a algo que se pareça com isso…estava apenas a tentar a indicar um possível caminho para a resolução desse mistério (não)!! Que é a identidade de alguns contribuidores misteriosos deste espaço…

Quanto ao facto de deixar de escrever aqui, advêm da usurpação de todo o conceito de CNN… ao qual quem deu “vida” ao referido, não está a respeitar, pois é algo que lhe passa completamente ao lado, apenas vive na sombra é uma espécie de vampiro que vive na escuridão com receio da luz….

Despeço-me com amizade

É preciso é ter calma

Escrivá de Balaguer, pareces intranquilo com as acusações que o Angus te fez, mas isso é um problema teu.

O que me leva a escrever é o facto de ter lido que houve algo que te "levou a decidir a não mais voltar aqui a escrever…" preocupa-me a mim e a todos os outros escrivinhadores aqui do espaço, todos e mesmo as personalidades múltiplas fazem falta para animar o CASO.
Preocupa-me depreender das tuas palavras que há uma discussão, que eu não acompanho, sobre as "chaves" para as portas aqui do CASO, e gostaria de também dar a minha opinião sobre esse assunto. Preocupa-me ainda mais que não tenhas exposto aqui essas reservas e que esse assunto te tenha levado a tomar a atitude que refiro acima.

Para finalizar é normal que as alterações que levaram o CASO a reanimar não sejam as melhores, que hajam pessoas que não estejam tão satisfeitas com elas mas acho que é aqui, para chegar a todos, que devemos falar nelas...

Saludos

Ex (20:1-21) 16: Não levantarás falsos testemunhos contra o teu proximo

Boa tarde,

Em primeiro lugar muito me tenho rido com o que para aqui vai…
No entanto vejo me obrigado a quebrar um compromisso feito por mim próprio em frente de alguns irmãos desta comunidade religiosa cibernética….

Eu Josemaría Escrivá de Balaguer sou apenas EU… não sou o Frei Duque cuja identidade desconheço e mesmo se soubesse não a revelaria e nem quero saber, também não sou nenhum medicamento ou substancia médica activa… E muito menos sou o CNN (quer dizer na realidade até sou) isto porque eu já sou santo a muitos anos foi canonizado no dia 6 de Outubro de 2002…. E nestas coisas do Céu a idade é um posto…

Eu sou o verdadeiro CNN o Original porque assim fui… a modos que apelidado/ofendido por um homem de Cristo… Agora quanto a falsa cópia que para aí solta a franga não tenho nada a ver, até porque isto parece o inkheart onde eu seria uma espécie de silvertongue… mas neste caso vejo as personagens por mim escritas ganharem vida!!!

Facto este que me levou a decidir a não mais voltar aqui a escrever…

Quanto a polémica para aí instaurada, este cantinho religioso quase que é como a Igreja i.e. toda a gente é bem-vinda…mas claramente que isto se trata de um caso de personalidade múltipla!! Porque acesso ao Céu e feito apenas por quem tem a chave…e neste caso perdoem-me a analogia temos mais do que um S. Pedro, num imenso purgatório o que permite entrada de muita gente…




Despeço-me com amizade

Quem é quem...

Têm olhos azuis, será rapaz ou rapariga...
Muito boa a lembrança desse fantástico jogo.

E muito bom para o blog as acusações e polémicas que surgem, queremos é movimento.

Quem é quem? Eu sei!

Se dúvidas existiam, estão completamente dissipadas:


J. Escrivá de Balaguer, Frei Duque e S.CNN são a mesma pessoa!

Um bem haja!

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Com o devido respeito..

Amigo Frei Duque, é Isotretina, sim? :)
Isotetina soa... estranhamente diferente.


E porque a ideia aqui é mesmo JUNTAR, não posso deixar de não concordar contigo, a magia da ressurreição (chamemos-lhe assim, porque estamos, afinal de contas, num blogue católico) do CASO está precisamente no mistério. E eu acho-lhe piada. Muitaaa piada!

Ofendido? Não Angus.

Só se tratasses mal a minha mãezinha, ai sim fico ofendido, agora por insinuares o que pode ser provável, como eu já fiz, podes acusar-me de ser o CNN, o Rodrigues ou a Isoterina, o Angus ou o Escrivá, a Carolina Augusta ou qualquer um dos outros nomes que constam da barra lateral, pode ser ou não verdade, mas essa é a magia da reanimação do CASO, o mistério que envolve os personagens novos, alguns dos quais os antigos colaboradores com novos nomes, outros novos personagens de autores com complexos de Fernando Pessoa.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Eles andam aí...

Eu cá gostei da ideia dos Parabéns a você.
Mas continuo a preferir o Facebook.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Respondendo a Frei Duque

Insinuações? Ora essa!

Fosse minha intenção proferi-las e estaria agora a questionar se tu, Duque, és o São CNN e por essa razão ficaste ofendido com a minha primeira insinuação.

Cruzei-me recentemente com um blog de cordeirinhos cá das nossas vizinhanças: Blog de mémés
É engraçado compará-lo com o incomparável - e já recuperado - Caso Gravador.

Um bem haja!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Boa curta-metragem...

Parabéns Angus, não ao nível de outros filmes que já aqui fizeram ante-estreia mundial, mas muito bom.
Dignas-te a responderes à minha questão, ou não te vais pronunciar sobre o assunto acentuando as suspeitas?

Carolina Augusta onde andas tu?

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Pelo menos o Papamóbil apareceu...

E a olhar ás imagens é uma máquina...
Como o rapaz de Hürth-Hermülheim, também eu fiquei triste com a não comparência do Doritomóbil nos testes para ai percebermos qual é realmente o melhor. Schumacher estou solidário contigo rapaz, resta saber os motivos pelos quais não houve a corrida religiosa do século, quiçá por causa de uma missa de sábado a tarde, a investigar.

Top Gear - Doritomobile vs Papamobile

video

quinta-feira, 26 de maio de 2011

E o Stig é...


Numa contratação de ultima hora para os testes referidos abaixo...

E o casogravador aceleraaaa


Fontes próximas de Dorito confirmam a sua participação numa próxima emissão de Top Gear, onde o novíssimo Bólide irá competir com o Papamobile. Quem vencerá? não percam.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

"Boa tarde! Estamos em directo para o Caso Gravador, pode dispensar-nos dois minutinhos?"

É, de facto, lamentável a minha ignorância quanto a tal bólide.
Prometo ter mais atenção ao catolicismo quando aqui escrever.

E venha a entrevista!

Saudações!

Sempre a considerar...

Isotretina amigo/a, sempre as ordens e a considerar.

Agora compreendi a tua referencia, mas não é charteres nem Futres, que aqui somos todos muito religiosos é bolides paroquiais e respectivos párocos, e deixo aqui o desafio para que se possa "fazer" uma entrevista ao condutor do novo bolide paroquial e um test drive ao mesmo, criativos vamos lá.

Saludos

terça-feira, 24 de maio de 2011

Dúvida existêncial - parte 1

Fica registada a ajuda no que toca a acnes e companhias (i)limitadas, Rodrigues. Obrigado.
Esperemos que comece mesmo a ressuscitar, e se preciso for, chegamo-nos à frente com os 320!

Quanto aos jactos e aos Futres referia-me a isto.


Ah, eis a questão com que me deparei numa conversa de votos:

Os padres fazem voto de pobreza?

Saudações sacerdotais (ricas ou pobres)!

Vamos continuar a (tentar) ressuscitar

E em oração para ajudar na ressuscitação e na torna de alguns desaparecidos como a

Angus tens pendente uma resposta há pergunta que te fiz no atrasado sobre o ( agora desaparecido do CASO, após a tua suspeita ser levantada) J. Escrivá de Balaguer e S. CNN e a tua teoria conspirativa sobre os dedos que os materializam serem os mesmos, foi isso que insinuaste?

Vão oferecer jactos privados...

Cara/o Isotretina

Não acertei quase, mesmo quase no nome e pelos vistos na bula, não sou perito em medicamentos, nem em acne, mas conheço pessoas, algumas pessoas e até alguns colaboradores deste blog que te podem ajudar, nas bulas e no acne.
E ainda bem que reanimaste o caso com 60, fico contente por isso, prova que és mais um novo personagem cheio de vontade de escrever e de animar o CASO, a conta bancária do Futre, e de participar em algo que não percebi na tua ultima frase.

Saludos

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Caro Rodrigues,
Apesar de quase teres acertado no nome (estavas mesmo, mesmo quase, há que lê-lo com mais atenção na próxima), há que reparar que sendo pouco, os 60 já deram conversa.
Mas carreguemos a 320, pode ser que o Futre passe a oferecer jactos privados. E aí eu participava ^^

Cinzento?...

Além do carro também o CASO...

Mas é um modelo bonito... E a motorização é assim franciscana ou algo mais opulento?

Menino/a do nome que é remédio para as borbulhas e que foi retirado do mercado por acometer os utilizadores de forte vontade de ir a um WC próximo, 60?????????
Só 60???? Não sei bem se os 320Jules já servem, 60 é para meninos.

domingo, 22 de maio de 2011

Abanão no blog

Cinzento é mais cute.


"Carrega 20! Afasta!"

(...)

"Nada! 40! Afasta!"

(...)

"60!!"

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Onde é que vocês andam...

sábado, 14 de maio de 2011

Tragam a antropina

E o desfibrilhador, está este CASO a necessitar de um choque ou de um sermão do Nuvem Negra, SS.

E a viatura francesa já têm indicação do modelo e cilindrada?

Bom FDS

Saludos

domingo, 8 de maio de 2011

O cadáver adiado que procria...

É estares sempre a referir o Saramago, Salvo Seja. Pá com um novo inimigo da fé mandado para o inferno dos que se portam mal e fazem travessuras contra a Igreja, tu falas sempre no mesmo?... Muda a cassete, camarada.

Pouca actividade, e contra mim falo que não tive grande tempo para por aqui umas parvoíces nas ultimas duas semanas, mas cá estou agora com mais tempo para tagarelar. E é tão bom ver que pouco a pouco se vêm juntado novos e velhos comentadores em volta do CASO.

Vamos fazer campanha aproveitando a campanha, Papua faz um cartaz e um slogan para trazer os filhos e as filhas pródigas a esta casa de todos...

Saludos

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Divagações para os xuxus fofinhos!

Já me tinha chegado um zumbindo que "O Caso Gravador" estava reanimado.
Que bom!
Nada como uma crise económica-social-politica para por isto novamente a despertar!

Mas o que eu gosto agora mesmo é do Biggest Loser português, porque ouvi dizer que no programa da TVI, eles iam lá para os canibais da Papua-Nova Guiné e não fiquei nada feliz.

Não se esqueçam que apesar de sermos católicos, somos também cidadãos e a verdade é que dia 5 de Junho há eleições! Já falta menos de um mês e dizem "eles" que o "Socas" já vai à frente do Passos.
Tal vai a crise que até as sondagens são deprimentes... E o que está a dar é ver o "5 pra meia noite" com eles todos lá!

Não se esqueçam é mesmo de ir votar! Eu vou lá pela PRIMEIRA vez!

Nestes tempos difíceis, que papel podemos ter nós católicos para nos ajudarmos?

olá juventude

ena pá, que animação. E tudo em período de jejum.

Espero que tragam assuntos bons para se debater. Ou palermices boas para se debater.

Joana, o Evangelho segundo Jesus Cristo é qualquer coisa, não é? Aaadoro. E o documentário José e Pilar, é muito bom. A parte em que ele, todo dobrado no carro, nega a religião, é muito forte pela sua simplicidade.

E entretanto aconteceu tanta coisa no mundo. O João Paulo agora é beato. E como deve ser difícil ser santo no mundo moderno, e para mais um papa, que viu a sua vida ser rebuscada e revirada ao milímetro. E que deu a cara pela Igreja, um monopólio ocidental que em muitos sentidos tem pouco a ver com religião.
Concluímos portanto que um santo não é nada mais que um homem bom. E se calhar isso chega, não estou a dizer mal.

Ele fez milagres? Curou pessoas que rezaram a ele? Talvez, mas nunca vi um ateu dizer que foi curado milagrosamente por um santo.

Bons posts, a ver se isto não é o cadáver adiado que procria.